sábado, 27 de novembro de 2010

Vigiai e orai em todo o tempo

       Disse Jesus aos seus discípulos: «Tende cuidado convosco, não suceda que os vossos corações se tornem pesados com a intemperança, a embriaguês e as preocupações da vida e esse dia não vos surpreenda subitamente como uma armadilha; porque ele atingirá todos os que habitam sobre a face da terra. Portanto, vigiai e orai em todo o tempo, para que possais livrar-vos de tudo isto que está para acontecer e comparecer sem temor diante do Filho do homem» (Lc 21, 34-36).
       No fim do ano litúrgico, as palavras de Jesus ressoam como desafio permanente à novidade do Evangelho. Este é uma boa notícia, sempre, em todos os momentos. O crente é e deve ser uma pessoa de esperança, de confiança em Deus, destemida. Em todo o caso, não descomprometida. A certeza que Deus nos salva, compromete-nos de sobremaneira com os outros e com a transformação do mundo.
       Acabe o mundo hoje ou amanhã, ou um dia destes, a preocupação do discípulos é fazer o bem em todos os momentos...

Sem comentários:

Enviar um comentário