quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

O Espírito do Senhor está sobre Mim

       Jesus voltou para a Galileia, com a força do Espírito, e a sua fama propagou-se por toda a região. Ensinava nas sinagogas e era elogiado por todos. Foi então a Nazaré, onde Se tinha criado. Segundo o seu costume, entrou na sinagoga a um sábado e levantou-Se para fazer a leitura. Entregaram-Lhe o livro do profeta Isaías e, ao abrir o livro, encontrou a passagem em que estava escrito: "O Espírito do Senhor está sobre mim, porque Ele me ungiu para anunciar a boa nova aos pobres; Ele Me enviou a proclamar a redenção aos cativos e a vista aos cegos, a restituir a liberdade aos opri¬midos e a proclamar o ano da graça do Senhor".
       Depois enrolou o livro, entregou-o ao ajudante e sentou-Se. Estavam fixos em Jesus os olhos de toda a sinagoga. Começou então a dizer-lhes: "Cumpriu-se hoje mesmo esta passagem da Escritura que acabais de ouvir". Todos davam testemunho em seu favor e se admiravam da mensagem da graça que saía da sua boca (Lc 4, 14-22a).
       Jesus volta para a Galileia, à cidade que o viu crescer, Nazaré. Entra na Sinagoga, como era costume ao Sábado, entregam-Lhe o livro do profeta Isaías e na profecia aí anunciada, Jesus revela que Se cumpre n'Ele próprio. É Ele o Messias anunciado e esperado pelo povo judeu. É d'Ele que as Sagradas Escrituras falam ao longo de várias gerações.
       A primeira reação é positiva: todos davam testemunhos e se admiravam...

Sem comentários:

Enviar um comentário