quinta-feira, 10 de novembro de 2016

... porque o reino de Deus está no meio de vós

       "Os fariseus perguntaram a Jesus quando viria o reino de Deus e Ele respondeu-lhes, dizendo: «O reino de Deus não vem de maneira visível, nem se dirá: ‘Está aqui ou ali’; porque o reino de Deus está no meio de vós». Depois disse aos seus discípulos: «Dias virão em que desejareis ver um dia do Filho do homem e não o vereis. Hão-de dizer-vos: ‘Está ali’, ou ‘Está aqui’. Não queirais ir nem os sigais" (Lc 17, 20-25).
       A pergunta feita a Jesus é reveladora de uma inquietação também nossa. Vivemos, com o horizonte da nossa morte mas também com o fim do mundo. Profecias apocalíticas, de ontem e de hoje, fazem-nos pensar, quando não nos atemorizam. A resposta de Jesus é de confiança, apelando à serenidade. Não vos inqueteis. Não vos alarmeis, Eu venci o mundo. E continua: o reino de Deus é, antes de mais, interior, espiritual. Não ocupa lugar. Não está for da humanidade. O reino de Deus está no meio de nós, vem com a conversão, vem com a intimidade com Deus. A chegada do reino de Deus não será catastrófica, mas a revelação da misericórdia de Deus e da Sua justiça paternal. Em nenhum lado Jesus sugere temor, mas confiança, ainda que haja um juízo benevolente de Deus. Mas se cabe a Deus não temos que nos preocupar. Ele é Pai. A nossa preocupação há de ser viver bem, fazer as coisas bem feitas, agir com honestidade e justiça, promover a paz e a conciliação. Se fizermos a nossa parte, ainda que os nossos pecados, não temos que viver assustados. Há lugar para nós. Em Casa de Meu Pai há muitas moradas...

Sem comentários:

Enviar um comentário