terça-feira, 4 de abril de 2017

Eu vou partir... Vós sois cá de baixo, Eu sou lá de cima

       Disse Jesus aos fariseus: «Eu vou partir. Haveis de procurar-Me e morrereis no vosso pecado. Vós não podeis ir para onde Eu vou». Diziam então os judeus: «Irá Ele matar-Se? Será por isso que Ele afirma: ‘Vós não podeis ir para onde Eu vou’?» Mas Jesus continuou, dizendo: «Vós sois cá de baixo, Eu sou lá de cima; vós sois deste mundo, Eu não sou deste mundo. Ora Eu disse-vos que morrereis nos vossos pecados, porque, se não acreditardes que ‘Eu sou’, morrereis nos vossos pecados». Então perguntaram-Lhe: «Quem és Tu?» Respondeu-lhes Jesus: «Absolutamente aquilo que vos digo. Tenho muito que dizer e julgar a respeito de vós. Mas Aquele que Me enviou é verdadeiro e Eu comunico ao mundo o que Lhe ouvi». Eles não compreenderam que lhes falava do Pai. Disse-lhes então Jesus: «Quando levantardes o Filho do homem, então sabereis que ‘Eu sou’ e que por Mim nada faço, mas falo como o Pai Me ensinou. Aquele que Me enviou está comigo: não Me deixou só, porque Eu faço sempre o que é do seu agrado» (Jo 8, 21-30).
        As palavras de Jesus tornam-se cada vez mais clarividentes. Mas quanto maior a clareza, maior a surpresa por parte de quem O escuta.
       Jesus vai partir. Vai para Deus. Ele é de cima, nós somos da terra. Ele pisa o nosso chão para nos elevar da terra. Quando Ele for elevado, nós seguiremos, com o nosso olhar, o Seu olhar de ternura e de paixão por nós.
       Na hora de mais dor, sentindo o abandono de todos, Jesus não deixa de sentir a intimidade de Deus Pai que Lhe dá forças e ganas para seguir em frente e concluir a obra da redenção, gastando-se até ao fim e apesar de todo o sofrimento prossegue até à Cruz, abrindo-nos os braços para a eternidade de Deus e enviando-nos a espalhar o mesmo amor misericordioso.

Sem comentários:

Enviar um comentário