terça-feira, 2 de julho de 2013

Augusto Cury - O Semeador de Ideias

AUGUSTO CURY, O Semeador de Ideias. Planeta. Lisboa 2011.

       Mais um livro e mais uma sugestão de uma obra de Augusto Cury. Para quem conhece é fácil gostar das variadas propostas que o famoso psiquiatra brasileiro nos faz. Partindo dos princípios que originaram o seu esforço por cuidar da mente das pessoas, da sua saúde, da abertura ao transcendente, de diálogo entre pessoas, povos, culturas, raças, religiões, no respeito e integração das diferenças.
       Cada pessoa é um mundo, complexo, multicolor. Numa situação diferente pessoas diferentes reagem de maneira diferente. A mesma pessoa poderá reagir de formas variadas a situações semelhantes. A mente humana registas milhares de informações, palavras, imagens, de forma privilegiada situações muito positivas ou muito negativas. Não se apagam. Não somos computadores. A qualquer momento podemos explodir se a nossa mente estiver poluída com muitas situações dramáticas. Por vezes pensamos conhecer uma pessoa, e somos surpreendidos pela sua reação. Passa-nos ao lado.
       Usando como estilo o romance, torna-se mais vívido e de mais fácil compreensão os seus ensinamentos sobre a mente humana, a necessidade de criticar os pensamentos negativos, não deixando que sejam deuses que nos controlam. Assumindo as perdas, integrando-as na nossa história.
       Neste romance, na lógica do Vendedor de Sonhos - nos vários livros entrelaçam-se as personagens, umas provocam as outras, e fazem-nas mudar o rumo da sua vida - o Mestre é um empresário de sucesso que perdeu a família num acidente aéreo. Há de descobrir que o acidente foi encomendado, consequência da ganância. A sua vida nunca mais será a mesma. Tinha tudo. Tudo o que não não vale nada comparado com o que perdeu, a esposa e os dois filhos. Torna-se maltrapilho e vai surpreender os antigos colaboradores, e num meio globalizado pelos media corre veloz a notícia que um dos mais ricos homens da terra, enlouqueceu, morreu, reapareceu.
       Mais uma leitura empolgante, envolvente, escrita ao correr da pena (escorreita), leve, agradável, que nos prende. E, acima de tudo, pode ser uma excelente ferramenta para melhorar a qualidade da nossa vida, da nossa mente, da nossa saúde psíquica e consequentemente de todo o nosso ser.

Sem comentários:

Enviar um comentário